sábado, junho 17, 2006

COISAS IRRITANTES EM UM PAÍS QUE JÁ FOI MAIS SÉRIO!






Devo ter nascido no país errado. Eu que gosto tanto de organização, transparência, objetividade, eficiência, planejamento... parece que atraio situações nas quais mesmo a mais tranquila das pessoas (que não sou) se irritaria. Eu que sou chata e me irrito à toa, ou as coisas estão mesmo exageradamente fora do lugar no Brasil?
_________________________________

Chego de uma viagem (dentro do país) de 12 horas e tenho contas a pagar. São oito horas da noite de uma sexta-feira. Minha conta pessoa física está sem saldo e preciso fazer uma transferência da conta pessoa jurídica. Não consigo: a informação é que estou em horário não permitido. Horário não permitido? Mas não são nove horas da noite - limite para transações em conta de pessoa física! Ligo para a assistência vinte e quatro horas do banco e descubro que conta de pessoa jurídica só pode ser acessada das 7 as 19 horas, de segunda a sexta, a não ser que você reconfigure o computador. Para reconfigurar, é preciso autorização do banco, que só pode ser feita no próximo dia útil e que somente estará valendo um dia útil depois! Onde, no site do banco, essa informação está disponível??? Vou ter que pagar juros na minha conta pessoal e juros no cartão que deixei de pagar. Irritada, fiz uma reclamação na ouvidoria no site do banco e um boletim de ocorrência solicitando o não pagamento dos juros pelo fato da informação não estar disponível.

A mesma coisa já acontecera antes, para fazer transferências de uma conta pessoa física para outra pessoa jurídica, da mesma pessoa. É preciso solicitar por escrito que o mesmo banco, na mesma agência, autorize uma transação desse tipo.
_________________________________

Vou para o aeroporto à meia-noite, com a certeza da passagem reservada na forma pedida: de Rio Branco para Curitiba, assento na janela, de preferência não nas primeiras poltronas. Não há nenhuma razão para essa escolha, a não ser uma mania adquirida nos tempos em que se fumava nas poltronas traseiras do avião. Recebo a passagem e vou para o embarque. Não lembro de olhar nem checar.

Pois bem: recebi um bilhete que me levou para Brasília; lá desembarquei e esperei mais de duas horas para embarcar para SP; em SP esperei mais de duas horas para embarcar para Curitiba. Cheguei em Curitiba às 2:30 do dia seguinte. E sabe em qual poltrona me colocaram? 30 F a última fila, sabe aquela que não reclina? Será que eu deveria ter pedido a poltrona um e ter dito que queria o caminho mais rápido para chegar?

Acho que bancos e aeroportos são os lugares mais irritantes do mundo.
______________________________________

Abri uma empresa de consultoria. Devidamente assessorada por um contador, paguei a primeira remessa de impostos no dia certo, tudo de acordo. Acontece que alguns dias antes daquele no qual venciam os impostos, chegou um documento, pelo correio, com data de pagamento que coincidia com os que o contador havia me enviado. Automaticamente, pensei que deveria pagar, inclui no total e paguei. Era um documento do Banco do Brasil, emitido por uma tal de Associação Comercial e Empresarial do Brasil e definido como contribuição empresarial.

Alguns dias depois, chegou outro documento, agora da Caixa Econômica Federal, definido como contribuição de classe anual, para uma tal de ANACOM - Associação Nacional do Comércio. Também paguei, certa de que se tratava de mais um imposto.

Quando recebi, novamente, um boleto de cobrança da tal Associação Comercial e Empresarial do Brasil, resolvi investigar. Liguei para o número colocado no documento e perguntei pelo site e por informações: aí fiquei sabendo que a contribuição era voluntárias (ou seja dos otários que eles conseguissem enganar feito eu), o site não existia, ou seja, estelionato. Lá vou eu novamente fazer boletim de ocorrência e tentar me livrar do prejuízo.
______________________________________

A última enganação.

Mandei fazer umas cortinas em casa e a empresa que contratei não entregou no prazo nem respondeu às minhas reclamações; fui ao banco e suspendi dois cheques pré-datados que havia dado. Depois de uns dias recebi uma ligação de um cara dizendo que havia comprado a empresa e estava tentanto regularizar os serviços pendentes. Eu concordei e acertamos que eu faria outros dois cheques uma vez que os anteriores haviam sido cancelados por mim. Ele entregou o serviço e tudo bem.

Um ano depois recebo um aviso de um cartório de protesto de títulos dizendo que eu tinha dado um cheque sem fundo que estava indo para protesto caso eu não pagasse em 24 horas. Fui ao banco e descobri que aqueles dois cheques que eu havia cancelado somente perderiam efeito se tivesse havido um BO - boletim de ocorrência. O picareta pegou os dois cheques, entregou para um outro picareta cobrar, este foi ao banco e, não conseguindo descontar nem tendo o banco carimbado o cheque como cancelado, protestou e tive que pagar. Dá prá entender? O dono do cartório me instruiu: para não ser cobrado, ao cancelar o cheque, é preciso invocar uma tal Linha 21 no banco. Já paguei um e em breve deverão me cobrar o outro, com custas do cartório e tudo o mais.
_________________________________________

Moral das estórias:

1. Sugiro a todo cliente do Banco do Brasil que, quando abrir uma conta pessoa jurídica, fale mais ou menos assim, com educação, à pessoa que atender: obrigado por receber o meu dinheiro em seu banco; infelizmente, vou precisar usar um pouco desse dinheiro, sabe, prá pagar umas continhas, comprar umas coisinhas, mas por favor, me explica quando eu posso acessar a minha conta e eu prometo que somente vou usar o meu dinheiro naquelas horas que você permitir. Muito obrigada pela sua consideração.

Se existem razões técnicas para toda essa dificuldade - que tal se o site do Banco do Brasil escrevesse algo assim: desculpe, mas por razões Y e Z, os serviços via internet de sua conta somente podem ser acessados nas seguintes circunstâncias X e W. Um resuminho simples e rápido, lógico e eficiente e estava resolvida a questão, evitando tanta irritação.

2. Já reclamei bastante das companhias aéreas neste meu blog. E já sugeri uma associação em defesa dos passageiros. Mas acho que seria conveniente pedir sempre lugar na frente e olhar tudo, tim tim por tim tim, antes de sair do balcão da companhia. Perguntar com educação, algo assim: estou pagando essa passagem, e gostaria de estar indo para tal lugar - é para lá mesmo que vocês estão me levando? estou indo pelo roteiro mais curto disponível? e vou poder reclinar meu assento quando depois que o avião decolar?? Muito obrigada pela sua consideração.

3. A robalheira está uma vergonha. Todo mundo querendo ganhar de todo mundo a qualquer custo. Não devo ser só uma neófita. Aposto que outros já caíram nos mesmos golpes que eu. Fique esperto e não pague nada sem consultar o seu contador, como já me advertiu o meu. E outra coisa, pare de dar cheques pré-datados e se deu algum e teve que cancelar, lembre-se da Linha 21 e faça um BO. Aliás, BO é a salvação prá tudo, sempre tenha um BO perto de você. É a única coisa que parece que funciona. Aliás, os bancos não deveriam obrigar as empresas que utilizam seus serviços a especificar nos boletos algo assim: essa é uma contribuição voluntária, etc, etc?

Chego à conclusão que tudo depende exclusivamente de você e todos estão tentanto, o tempo todo, lhe enganar. Até Curitiba, que já foi exemplo de correção, está cheia de caloteiros.

Tenho certeza de que o Brasil já foi diferente.

20 comentários:

Claudia Freitas disse...

Muito obrigada, acabei de receber um boleto bancário do BB (cedente - ANACOM) Associação Nacional do comércio valor 228,00 - contribuição de classe anual exercício 2006/2007. Não vou pagar!!!!!!!!

Mary Allegretti disse...

Adorei saber que a informação foi útil prá você, Claudia. Vou criar uma seção no blog só de reclamações! Mas fiquei curiosa de saber como você descobriu essa nota, perdida no meio de tantas outras. Se você voltar ao blog e ler essa resposta, por favor, me informe. Abraço, Mary

Sergio disse...

ao contrario de você não paguei a contr.sindical, e gostaria de saber o que mais soube da tal ANACOM ?
resposta aleexaa@ig.com.br

olho de rua disse...

Essas coisas são irritantes mas, lendo como a Sra. conta, pareceu engraçado.

Eu não pago nem o "imposto" do falso cego que fica pedindo nos trens da CPTM.

hi, hi, hi...

eduardo de assis oliveira disse...

bom dia a todos e a voce tambem MARY ALEGRETTI, bom pelo artigo que publicou, conheço a ANACOM -ASSOCIAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO,e sei que é uma entidade de respeito, ela faz muitos trabalhos sociais, e ajuda o comerciante, para que ele possa ter informações necessárias,porque como montamos nossas empresas agora temos que ter informações, sou cliente da anacom, e estou muito contente, com esta associãção, muito obrigado, por este espaço . assinado EDUARDO DE ASSIS OLIVEIRA, comerciante do estado do rio de janeiro,

Alberto disse...

Espero acreditar que esta tal de ANACOM seja séria, como o sr. Eduardo Oliveira escreveu mas, pela decência, esta Associação deveria primeiramente oferecer seus préstimos para que nos filiemos. Não desta forma estelionatária de agir, mandando boleto bancário, sem ao menos nos consultar. Para isso, temos as Associações Comerciais que funcionam em quase todos os municípios, ou seja, se tivermos que contribuir para uma entidade de classe, que esta contribuição fique no próprio município.
Obrigado pelo espaço.
Atenciosamente
Hoffemann
www.festitour.com.br

Anônimo disse...

Hoje recebi um boleto para pagar da Anacom, liguei para o contador e ele não estava para me informar sobre essa cobrança, mas até é difícel de acreditar que os caras vão enviar um boleto de cobrança sem nos consultar, é um absurdo, e se for assim como vcs estão falando, eles não receberão nem um centavo meu.
PS: contribuição voluntário de 228, pô corta essa.
Keo.

Anônimo disse...

alguem tem o contato (e-mail ou telefone) da Anacom?

marcelo disse...

Abri uma empresa no ultimo mês, como teve recentemente mudanças na Lei: Super Simples acho que deve ser um bom negócio.Mais nem tem um mês da empresa aberta e já recebi um Boleto bancário da ANACOM ASSOCIAÇÃO NACIONAL DO COMERCIO no valor de R$ 228,00 , ESTA CONTRIBUIÇÃO É NECESSÁRIA?
MARCELLUSSTUDIO@OI.COM.BR

xuliano disse...

Fico irritadíssimo com tantas pessoas filhos da p... que tentam enganas os outros para seu próprio proveito. Acabei de receber uma fatura com o Cedente "Associação Comercial e Empresarial do Brasil Ag. 0275 com cód. cedente 022157 no valor de 198,50 e ainda com desconto de 8,50 se pagar até a data do vencimento!! vcs acreditam nisso??!!!! pessoaaalll... estamos no Brasil!! o país da corrupção, país onde enganar é muito mais fácil e prazerozo do que ter caráter!! Ainda bem que tive desconfiança na cobrança desta taxa e vim até a internet buscar sobre o assunto. Fico pensando quantas pessoas são enganadas por estes estelionatários. Amanhã mesmo vou com uma cópia do boleto registrar um boletim de ocorrência. Agradeço por ter dividido esta sua situação com demais pessoas. Esta informação para mim foi muito valiosa.

Mr Fat Guy disse...

Agora surgiu uma nova versão do mesmo golpe, boletos enviados por um tal "sindicato nacional do comércio" cobrando "contribuição assistencial" de 227,00. Só gostaria muito de saber quem repassa nossos cadastros a esse povo, pois a minha empresa para a qual eles emitiram a cobrança não tem nem 2 meses de constituída, até 15 dias atrás nem talão de notas tinha.

wal disse...

oi, sou do pará e também recebi esses boletos tanto da ANACOM, quanto da ASSOCIAÇAO COMERCIAL E EMPRESARIAL DO BRASIL resolvi pesquisar antes de pagar e achei seu blog no google, valeu mesmo!! já fui vítima de um golpe por telefone de uma empresa que se passa pela listel,pede para confirmar seus dados te passa um fax e pede pra vc assinar e detalhe, tem que assinar e passar o fax na hora (eles aguardam na linha)tudo feito pra te enganar mesmo,percebi depois que tinha assinado um "contrato de hospedagem" em um site na internet. tentei contato com a tal empresa e nao consegui, mandei e-mail e nada, depois de 10 dias (o prazo pra cancelar sem custos pra empresa eram de 7 dias) recebi boletos de 280,00 pra pagar por 1 ano, mais nao paguei, e pra resumir foi uma jornada de pelo 3 meses de ligaçoes, reclamaçoes, pesquisas etc. recebi ligaçoes ate do "BRADESCO" avisando que a empresa ia ser negativada.Enfim, nao paguei mesmo e nao negativaram a empresa, depois descobri que existem varias "empresas" desse tipo fazendo isso, por todo o Brasil e depois que vc paga a primeira parcela é obrigado a pagar todas as outras parcelas, esse golpe ta ficando muito frequente,inclusive depois dessa recebi outra ligaçao já de outra empresa dizendo também ser da listel, entao é bom alertar a todos para; a nao ser que tenha absoluta certeza de qual empresa se trata; jamais dar dados de sua empresa por telefone!!muito cuidado! obrigada Mary! valeu mesmo!!

Anônimo disse...

Oi, Mary!
Acabei de receber um boleto bancario do BB no valor de R$ 332,00, onde o cedente é a ANACOM. Trata-se da cobrança de uma contribuíção de classe anual 2008/2009, em nome de uma empresa que nem tem CNPJ e nem funciona, porque não existe. Ou seja, dessa vez o tiro saiu pela culatra. Eu não vou pagar uma contribuíção no nome de uma empresa fantasma. Muito obrigada, seu blog me ajudou muito. Deus te abençõe e um grande abraço.

Anônimo disse...

Só assim eu dou umas gargalhadas, como a muito tempo não dava. è realmente irritante.
Mas a maneira como coloca torna-se muito engraçado!!
lelamendes19@hotmail.com
Obrigada

Mary Allegretti disse...

Relendo o post depois de algum tempo e sem a irritação que os fatos narrados causaram naquele momento, é realmente muito engraçado. Também dei boas risadas novamente. Mary

Alexandre Marchetti disse...

Maravilha Mary! O seu blog foi um espetáculo à parte, é um misto do meu inconformismo com a situação atual - cobranças, roubalheiras, falta de informação, desorganização, falta de honestidade no cidadão brasileiro praticamente em todas as classes - com a braveza da minha noiva! Somos assim também, inconformados com tudo o que vemos de errado; parece que todos resolveram inverter os valores e seguir adiante. Tanto que tenho tentado convencer amigos e colegas de boa índole a tentar entrar na política comigo, porque os que entram atualmente são as velhas raposas de sempre, e quando são novos, possuem má índole e má fé, pouca boa vontade. Ah, sobre o boleto que recebi, era da Associação Comercial Empresarial do Brasil. Um grande abrçao, Alexandre Marchetti (xandao10@yahoo.com.br).

Moda e Conhecimento disse...

Ola Pessoal!
Boa Tarde!
Eu recebi pela segunda vez esse boleto de contribuição Patronal com agencia 0275 e conta 022157. No valor de 259,80. Ano passo recebi esse boleto e não pagamos pq perguntamos ao nosso contador se era devido a cobrança. E ele disse que é golpe que não é pra pagar. Que coisa não. Tem gente que é tão golpista que tenta enganar empresas que ralam o dia todo pra pagar milhões de coisas e acham que somos trouxas de achar que isso seria pago também..
Fico indiginada com esses tipos de atitudes.
E pesquizei na internet pra ver se tinha mais gente que recebeu essa cobrança.
E achei esse blog.
Obrigada por existir esse blog pelo menos por saber que não fui so eu que tentaram enganar.

William disse...

Recebi hoje uma carta do BB contribuição empresarial como abri uma empresa recentemente achei que era imposto,taxa ou algo do genero assim como vc.....

ainda bem que resolvi investigar pois não contava com esse gasto e não fui alertado sobre o mesmo.

De qualquer forma mesmo não pagando é revoltante oque eles fazem, pois como dito por vc em nenhum lugar é especificado que aquele valor se refere há algo Voluntario.
Deixo a Pergunta: Onde reclamar? PROCON?
Acho que pessoas que tentam ser certas nesse pais só se lasca. Pois sempre passo por situações ridiculas semelhantes a que vc descreveu e o pior é que tudo acaba em pizza. Assim como no filme "(Cidade de Deus) Ninguem viu nada... ninguem sabe de nada..." é Lamentavel essas situações irritantes que passamos por incompetencia de uns que deixam de fazer seu trabalho com seriedade.

Tatiane Santiago disse...

Olá Mary, Você não imagina como foi válido para mim, ler a sua postagem. Hoje são 05/07/2011 e estou recebendo na minha empresa aberta no dia 21/06/2011, que nem tem atividade comercial, um boleto do banco do Brasil, no valor de R$ 278,50, no qual o cedente intitula-se Associação Comercial Emnpresarial do Brasil. Só não paguei, pq imediatamente fui pesquisar sobre a legitimidade desta taxa.Pensem vcs, com tantas dificuladades que passamos, lutamos tanto para termos uma vida justa e honesta, acabamos de pagar intermináveis taxas, municipais, estaduais e federais para abertura da nossa empresa, fazemos questão de pagar tudo o que nos é devido, mas, mesmo assim ainda encontramos quem queira nos golpear... Não é mole não! Aonde vamos chegar???

anacom disse...

anacom associaçao nacional do comercio seu telefone é 08000953132

eu vi um post perguntando isto

obrigado