quarta-feira, janeiro 25, 2006

IDENTIDADE VIRTUAL



Estou iniciando este blog hoje, 25 de janeiro de 2006, com alguns objetivos em mente.

Um deles resulta da descoberta do poder da identidade virtual. Sou navegadora persistente há muitos anos e quero potencializar este espaço virtual de comunicação. Não há nada mais interessante do que poder me comunicar com o mundo a partir da biblioteca da minha casa em Curitiba, de Gainesville, de Yale, ou de qualquer outro lugar deste planeta. Quero potencializar esse espaço com identidades reais.

O outro é um imperativo: é preciso construir um espaço de comunicação a respeito do que acontece hoje nos territórios protegidos da Amazônia. Mario Menezes (Amigos da Terra) enviou hoje os seguintes dados:

"Atualmente, existem na Amazônia 59 Reservas Extrativistas e 14 Reservas de Desenvolvimento Sustentável, abrigando 143 mil pessoas e garantindo o uso sustentável e a proteção de 19,1 milhões de hectares de florestas. Mais 45 novas unidades estão em processo de criação na região e 28 em outras regiões do país. São territórios protegidos para uso sustentável dos recursos naturais por comunidades locais. Outros números significativos estão relacionados com os projetos de reforma agrária não convencionais, ou seja, que também consideram os aspectos ambientais. Existem 39 Projetos de Assentamento Extrativista e oito Projetos de Desenvolvimento Sustentável já criados, sobre 3,1 milhões de hectares, onde vivem 52.375 pessoas.

No total, são 120 unidades criadas, 22,2 milhões de hectares, ou 5,4% da floresta, colocados sob o regime dessas modalidades de conservação de uso sustentável e de reforma agrária ecológica, e em torno de 196 mil pessoas vivendo nesses territórios".

Esta é a síntese de 2005, que foi um ano especial: 20 anos desde a formulação da idéia de ter territórios especialmente protegidos para populações locais na Amazônia. Em 1985 ocorreu o primeiro Encontro Nacional dos Seringueiros, em Brasília, que formulou esta idéia. E o Congresso das Populações Extrativistas que aconteceu em Manaus no início de dezembro, foi uma evidência da vitalidade destas idéias. Chico Mendes foi o primeiro, aquele que abriu os caminhos para novas e revolucionárias idéias. Nós apenas o seguimos e garantimos que fossem viabilizadas.

O último objetivo do espaço virtual é exatamente sua principal função: divulgar, debater, comunicar o que acontece nas reservas extrativistas e outras unidades de conservação de uso sustentável. Trata-se da Rede de Pesquisadores em Reservas Extrativistas, criada na Universidade da Flórida em novembro passado. E este vai ser o tema dos próximos textos.

Por hoje, deixo com vocês a imagem do Congresso dos Extrativistas ocorrido nos primeiros dias de dezembro de 2005 e a idéia de apresentar a Rede na próxima edição.

Este blog não será diário porque não sou jornalista e não dou conta de editar informações todos os dias. Pretendo que ele seja atualizado, pelo menos, duas vezes por semana. É o mínimo para começar a se comunicar.

O espaço está aberto.

Mary Allegretti

PS. Nada disso teria sido possível sem Altino Machado, este incrível jornalista do Acre. Além de muito bem informado, ele conhece os detalhes da tecnologia. Mais que isso, a diferença horária entre nós permite que ele esteja no ar quando eu estou acessando a web. Foi ele que viabilizou - e incentivou - a criação deste blog, que no futuro poderá ser parte da ANA - Agência de Notícias da Amazônia - uma idéia que vou me empenhar em concretizar.

5 comentários:

Toinho Alves disse...

Primeirão a comentar no teu blog, Mary. Só pra dizer: benvinda à blogosfera. Concordo com o caráter imperativo do debate sobre o que acontece hoje nas áreas protegidas. Precisamos e não é de hoje. Boa sorte.

Mary Allegretti disse...

Caro Toinho, agora que consegui colocar o link do teu blog junto aos meus favoritos já me sinto mais confortável na blogosfera. Obrigada pela acolhida. Mary

Carlos Honorato disse...

Mary,
Valeu o empurrão para você produzir mais. Continue sempre brigando por mais espaço para as suas idéias.

Abraço,

Carlos Honorato

Mary Allegretti disse...

Honorato

Você tem sido sempre um provocador de boas idéias e análises inteligentes. Vou procurar atender as tuas expectativas. Obrigada pelo estímulo. Mary

olho de rua disse...

Hoje, assim que acordei, pela primeira vez quis compreender melhor a causa dos seringueiros e tudo sobre o Líder Chico Mendes. Acontece que assisti (acompanhei cápítulo a capítulo à minissérie "Amazônia" de glória Peres).

Ao digitar no Google o nome da minisérie, deparei-me com seu blog, D. Mary.

Acontece que ao dá uma breve olhada nele, fiquei sabendo que vc esteve muito tempo ao lado de Chico Mendes e isso me encantou e digo que vou ficar um bom tempo vindo aqui pois quero lê todo o seu blog.

Como já li a sua introdução, resolvi comentar aqui.

Fico lhe amigo desde já. "Conversando" com você, pra mim, é como estando conversando com o próprio Chico Mendes.

Abraços.